05 março, 2013

WebNovelas: Da Ideia ao Papel - Parte 1

Oie leitores e leitoras! ^-^
Todos vocês sabem (e veem) o quanto eu gosto de escrever, estou sempre com uma ideia nova na cabeça, e às vezes chego a passar um tempão revisando textos e mais textos... Por isso mesmo me coloquei na área das WebNovelas, que é uma pequena forma de expor as minhas pequenas histórias e ter uma noção de como eu escrevo graças aos leitores e suas opiniões. E isso é uma das coisas mais gratificantes na vida de um escritor, ou simplesmente de um "escritor de webnovelas". E, se pararmos para observar, a blogosfera atualmente está cheia de blogs com webnovelas para todos os gêneros e idades, cada história criada por um blogueiro (ou mais de um) que simplesmente quis fazer algo diferente. Isso é bom. Mas, ao contrário do que muitos pensam, isso não é uma simples brincadeira. Afinal, se a sua história atrair o público, você não pode simplesmente escrevê-la de qualquer jeito sem nem revisar o texto nem demais preparações... Não é?
...

Não sou nenhuma especialista nessa área, tenho lá meus erros na escrita e vez ou outra, os tão temidos "bloqueios de escrita", que afetam tanto os blogueiros como também escritores... Mas, em todo caso, seja um livro ou uma webnovela, todo cuidado e dedicação devem ser mais do que bem-vindos no processo de escrita. Não adianta simplesmente chegar e escrever sem ter em mente o que realmente quer alcançar com aquilo. Afinal, dependendo do seu talento e dedicação, juntos, você pode chegar a tornar-se um próprio escritor, basta, acima de tudo, dedicação e amor pelo seu trabalho. Portanto, área de escrita é para quem gosta mesmo, um simples prazer por criar novas histórias.

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Antes de se iniciar uma webnovela/websérie/fanfic, tenha em mente os seguintes pontos:

♥ Dedique-se a sua história: Mudanças radicais de rotina, imprevistos, incidentes, ocupações, isso todo mundo tem. A questão é que, quando você se dedica a uma história, tem que ter em mente que precisa se dedicar de verdade à ela, e ela passa a contar basicamente como trabalho, mas um trabalho que lhe dá prazer. Ta aí o motivo de escrever apenas se você realmente gosta. Não adianta levar isso como uma obrigação. E não adianta ter desculpas para não escrever. Nem que sejam apenas alguns minutos para dar uma avaliada em seu trabalho.

♥ Avalie bem sua ideia: Teve uma ideia para escrever? Pense bastante nela e veja se dá certo. Algumas ideias são temporárias, ou vai ver são pequenas demais para se estender numa história, portanto, calma e atenção. Avalie-a com atenção e se der certo, vá em frente. Porque né, não adianta você começar uma história, todo mundo gostar dela, e você não saber como dar continuidade, porque, muitas vezes, a própria história não se mostra tão flexível em seu desenvolvimento.

♥ Prepare sua história antes de mostrá-la ao público: Tipo, já acompanhei histórias que começaram e não terminaram. Ou então terminaram tão abruptamente que ficou até meio sem sentido. Portanto, uma dica: escreva toda a história antes, ou pelo menos boa parte dela. Assim você não ficará inicialmente lotado de coisas para fazer nem com pressão de si próprio com o pensamento "tenho que escrever o capítulo tal para postar tal dia". É assim que eu geralmente faço, no caso da websérie, ainda não conclui-a, mas já adiantei alguns capítulos que me ajudam a não me atolar de vez na escrita, sabe? Fica mais leve e sem muita pressão.

♥ Seja amigo do Português: Já cansei de falar sobre isso e ver cada barbaridade gramatical que chega... Mas é isso, gente, o Português não é um bicho de sete cabeças. Você só precisa se dedicar nele e tentar ser seu amigo, e então você conseguirá se adaptar as regras e concordâncias gramaticais. Porque, fala sério, já vi textos por aí com tanta gíria junta que a pessoa chega a ficar confusa com o que foi escrito... Sem falar que tem algumas pessoas que escrevem com palavrão... Aí não dá, gente, dá para ficar até incomodado em ver tais palavras no texto, né? Pois bem, fora com as gírias e os palavrões! Ok, gírias vez ou outra podem aparecer, mas com moderação.

Bom, aqui estão os quesitos básicos para iniciar sua história. Desculpem-me, de qualquer modo, pelo texto grande no início, mas eu sempre me empolgo para falar das coisas, vocês sabe (#fato).  Não sou uma expert no assunto, mas quero apenas dar uma forcinha. ^-^ Eu até tinha visto um blog na internet com dicas bem detalhadas para webnovelas e tals, mas ele deve ter sido fechado (eu acho, nunca mais vi ele funcionando). 

Enfim, esse será um quadro semanal aqui no blog, com minhas humildes dicas para jovens escritores - principalmente para escritores de webnovelas e fanfics, mas tem dicas que também podem servir para o modo geral - e espero que tenham gostado da primeira parte. Semana que vem teremos um aprofundamento melhor nesses quesitos que citei acima e outros demais.

Se vocês quiserem pedir uma dica em algum ponto específico sobre o tema, é só falar nos comentários e, se a resposta estiver ao meu alcance, responderei com certeza. ^-^

Beijos e fiquem com Deus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário