10 abril, 2013

[Conto] Begin Again | Parte 1



O sinal acabou de tocar. A primeira aula terminou.
Guardo meu material rapidamente, levantando-me rapidamente e saindo da sala. Próximo destino: aula de Inglês.
Caminho em direção a sala, enquanto você e seus amigos conversam animadamente, relembrando das férias. Ah, as férias! Como eu pude me esquecer delas? Ou terá sido você quem as esqueceu?

Naquela bela tarde de domingo você me viu chorar sentada na sombra de uma árvore, debulhada em lágrimas e mais lágrimas; sem esperanças. Você se aproximou, e sem nem ao menos me conhecer, passou vagarosamente as mãos pelos meus longos fios castanhos e cacheados, pedindo que eu me acalmasse. Sorri para você, agradecida, e você retribuiu com um daqueles sorrisos encantadores que transpareciam sinceridade. Caminhamos de mãos dadas pelo vasto descampado à nossa frente, enquanto você me fazia rir aos montes com suas piadas não tão hilárias, mas apenas a sua simples presença me fazia sorrir. Só você.
Agora, a caminho da sala de Inglês, fico me perguntando: o que aconteceu com você? Por que simplesmente não fala mais comigo? Qual será o motivo do seu afastamento?
Não sei. E por vezes sinto-me a ponto de voltar a velha cena na árvore, debulhar-me em lágrimas novamente e torcer para que você se aproxime, mas que, dessa vez, você não se afaste nunca mais.
Chego a sala de aula e sento-me na terceira carteira. A professora ainda não chegou, logo estou entediada na carteira, corroendo-me por dentro por sua causa, lutando comigo mesma para não deixar escapar as lágrimas que se formam em meu interior.
E então o meu coração acelera.
Olho de relance para o lado e deparo-me com você olhando em retorno para mim, já sentado na fileira ao lado, na primeira carteira. Seu olhar encantador dessa vez parece triste, confuso. O sorriso de antes já não está mais em seu rosto, e desvio o olhar rapidamente sem entender a situação.
A professora chega.
Seu olhar passivo e delicado observa cautelosamente a sala em silêncio. Logo ela aponta para a lousa e escreve duas palavras, a qual no segundo seguinte já identifico como sendo o título de uma música. Sorrio rapidamente ao lembrar-me de Begin Again, da Taylor Swift, mas logo o sorriso desaparece. Acho que a música seria a mais indicada para explicar minha situação nesse momento, e isso é algo ligeiramente constrangedor.
A aula continua a se passar normalmente. Você continua me olhando discretamente, ainda seu olhar sem o mesmo brilho de antes. E então observo um sorriso triste brotar em seus lábios. Desvio o olhar novamente, e então reparo que a professora está andando entre os alunos, entregando a cada um papel com o qual imagino estar grafado a letra de Begin Again.
Minha suposição foi exata...


Continua...

5 comentários:

  1. Maldade sua dividir em dois né? ♥ #Amando!
    Lança logo a continuação, please! Não vejo a hora de descobrir o porque dele estar agindo desa maneira com ela...
    Beijos ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Haha, foi mal :S Não sei se a parte 2 vai revelar esse motivo, já que o conto é realmente pequeno, mas espero que você goste também ^-^ - e que saiba esperar por ele, né? :D
      Bjos...

      Excluir
    2. Bem, revelando ou não, contanto que a continuação seja tão legal quanto essa, tá valendo ♥ E vou tentar esperar =P

      Excluir
  2. é perfeito! Adorei ;3
    Ansiosa para a 2° parte.. Eles vão ficar juntos?
    Beijos!

    Cherry Girls

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hum... descobriremos isso na semana que vem ^-^
      Bjos...

      Excluir