17 abril, 2013

[Conto] Begin Again | Parte 2

Conto dividido em duas partes. Parte 1.

Meus olhos rolam rapidamente pela página, e logo, sem perceber, estou cantarolando-a em minha mente. A professora então anuncia:
- Quero que escolham um pequeno trecho da letra da música que possa representar o que você está sentindo sem que você diga uma palavra.
Minha respiração falha por alguns segundos. Será possível uma única frase, mostrar a minha situação? Eu podia me virar com a música inteira. Mas não. É apenas uma frase.
Reviso a letra em minhas mãos, e então os meus olhos são atraídos para uma frase em especial.

And for the first time,
What’s past is past”.
A aula continua se passando, e cada aluno apresenta o seu trecho. Alguns cochicham entre si, outros aplaudem os trechos escolhidos. E nenhum parece ter escolhido o meu. Alívio.
Minha vez. Vou para a frente da sala e todos parecem confusos com as palavras escolhidos por mim. Mas um não. Você parece ainda mais confuso e triste do que antes. Olho de relance, e reparo em sua feição ligeiramente abatida. Você morde os lábios, e seu olhar assume uma posição de confusão. Sinto então um aperto no meu coração. E volto a me sentar em minha carteira.
Você é o último aluno a se apresentar. Respiro fundo, preparando-me emocionalmente para qualquer que fosse o trecho escolhido por você. E então o meu coração acelera novamente. Mais do que antes, até.
But on a Wednesday in a cafe,
I watched begin again”.
Você sorri delicadamente enquanto escreve tais palavras na lousa, e então volta-se a olhar para a sala. Para mim, na verdade. Um sorriso aparece em seu rosto, e um olhar arrependido e triste toma conta do meu campo de visão.
Involuntariamente, um sorriso aparece em meu rosto, e só então reparo que você volta a se sentar em sua carteira. Desvio o olhar, totalmente confusa com a situação atual, mas então você me surpreende.
Um bilhete pousa em minha carteira:
Podemos começar de novo?

Um comentário: