17 maio, 2013

[WebSérie] Estrela da Noite - Capítulo 12

Este capítulo é parte integrante da WebSérie original "Legally Friends", escrita por Sâmella Raissa.Para ter acesso aos capítulos anteriores, clique aqui.

Contra a Parede

ClaraF.10: E então, fazendo o que no momento?
Anneliese13: Só marcando as demais falas da Belinda. Eu estava certa de que tinha marcado todas, mas estou começando a achar que ela fez alguma coisa para tentar me prejudicar.
ClaraF.10: Vindo da Belinda, isso não seria novidade. Não sei como uma pessoa pode se exaltar tanto, e ainda diminuir os outros.
Anneliese13: Bem, ninguém garantiu que a desigualdade social havia sido banida da sociedade, então, faz parte.
ClaraF.10: O que é uma pena...
Três pontinhos... péssimo sinal!

Eu costumo ser desinibida para conversar sobre quaisquer assuntos, e digamos que a minha timidez adora tirar férias de dois meses a cada dois minutos, mas... por incrível que pareça, acabei travando na conversa.
Eu já tinha colocado na cabeça que queria mudar um pouco os rumos da peça, afinal, o meu lado justiceiro nunca me deixa em paz, mas, ao mesmo tempo em que isso acontece, tenho medo de perder créditos com a professora. Não que ela seja uma pessoa maravilhosa que me ama e cujas notas me são importantíssimas nem nada do tipo, mas é que ela confia em mim para fazer o melhor pela peça.
“E justamente por querer o bem da peça, quero dar o papel a quem merece de verdade”.
Xeque-mate para meu consciente e o meu subconsciente. Ótimo.
Comecei a dedilhar os dedos pelo teclado, digitando e apagando tudo o que eu escrevia à respeito. Nenhuma das formas parecia ser a mais correta de como começar o assunto, e eu já estava impaciente. Teclo mais uma vez e apago... ou só então percebo que acabei de clicar em “enter”.
ClaraF.10: Como você consegue deixar alguém como a Belinda ocupar o lugar principal da peça, quando, na verdade, você mesma tem mais tanto talento para isso do que ela?!
Ah, que ótimo, Clara Fonseca! Você mal faz amizade com a menina e agora já está colocando a coitada contra a parede! Esplêndido! – Ou claro que não.
Silêncio... Silêncio... Silêncio... Ninguém falou mais uma única palavra. Acho que poderia ter tomado banho e ido na mercearia com o tempo que gastei vidrada na tela do computador, observando o tamanho da burrada que eu havia cometido... E, sucessivamente, em suas consequências...
Passado mais um tempo – suficiente para que eu terminasse de ler as últimas 50 páginas de Um Porto Seguro –, contrariando totalmente a minha ideia de que ela fosse sumir da conversa, a janela do bate-papo voltou a piscar, seguido das novas palavras dela e...
Anneliese13: Acha mesmo que eu atuo tão bem assim?
Bem, eu esperava por tudo... menos aquilo.


3 comentários:

  1. A Clara foi um tanto bem direta na mensagem que queria ter apagado kk'
    Maas ainda bem que deu/está dando tudo certo ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Certas vezes é preciso ser curto e direto - embora, nesse caso, tenha se dado mais por conta de um pequeno deslize com a tecla "enter", mas, enfim...

      Excluir
  2. Ain, aquele momento que a gente manda uma mensagem meio que sem querer querendo, depois fica desesperada pela resposta e... a resposta parece não chegar nunca. Tenso viu, entendo bem a Clara. Pelo menos ela, além de quebrar a falta de assunto, conseguiu tocar num ponto importante com a Anneliese! Tomara que seu plano, de substituir a Belinda na peça, dê certo...

    Beijos ♥ Jeito Único

    ResponderExcluir